Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

blogue do siman

escritor • crítico • diretor de teatro • editor

heil hitler!

Janeiro 18, 2016

 

“Ou o mundo se brasilifica

Ou vira nazista

Jesus de Nazaré

E os tambores do candomblé”

— Jorge Mautner, "Urge dracon"

 

os caminhos mórbidos e íngremes por onde andam os imperadores dos tempos de puro ódio

urgem e bradam e estranham os gritos frenéticos da população alemã

     e as tropas chegam como um torpedo

          — não são tropas, são, de fato, torpedos!

 

heil hitler! heil führer!

 

          — fujam! Fujam! FUjam! FUJam! FUJAm! FUJAM!!! FUJAM DOS TORPEDOS! DOS TORPEDOS! DOS TORPEDOS! DOS TOPEDOS! DOS TORPEDOS! PELO AMOR DOS TORPEDOS! FUJAM! FUJAM! FUJAM!

 

a alemanha ressurge das cinzas como uma fênix, gloriosa!

          (heil hitler!)

 

e negros e mulheres e pederastas e judeus penam nos campos de concentração nazista

     e a alemanha ressurge das cinzas como uma fênix, vitoriosa!

e onde enfio meu armamento pesado

no século xxi?

                         enfie no cu

                         dos estados

                         unidos da

                         américa

 

whitman: “o vértice da humanidade será o brasil”

tagore: “a civilização superior do amor nascerá no brasil”

maritain: “o único lugar onde a justiça e a liberdade poderão aflorar juntas é o brasil”

maiakovski: “dizem que, em algum lugar, parece que no brasil, existe um homem feliz”

 

os caminhos mórbidos e íngremes por onde andam os imperadores dos tempos de puro ódio

é o caminho

                    da casa

                    branca

 

                                                  heil bush!

                                                  heil führer!

 

     e onde enfiarei a segunda guerra mundial?

          — enfie nos mísseis e atire!

 

preparar...

apontar...

...

ÉÉÉÉÉÉÉÉ DO BRASIIIIIIIIIIIL!!!

 

                                                                                           (SARAVÁ! KOLOFÉ!

                                                                                           e sob a luz da tropicália

                                                                                           e do teatro oficina

                                                                                           e do santo pai zé celso:

                                                                                                           EVOEROS!)

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D